1 de cada 3 litros do volume morto já foi usado

24/07/2014

Sistema Cantareira

Um terço do volume morto do sistema Cantareira foi consumido em pouco mais de dois meses, segundo o GTAG (Grupo Técnico de Assessoramento para Gestão).

De acordo com o grupo, até 22 de julho foram consumidos 60,70 bilhões dos 182,5 bilhões de litros de água do volume morto – como é chamada a água que fica no fundo das represas – que a Sabesp (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo) tem autorização para utilizar.

O GTAG foi criado pela ANA (Agência Nacional de Água) e pelo DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica do Estado de São Paulo) e faz o acompanhamento diário do sistema.
Também fazem parte do grupo representantes da Sabesp e comitês das bacias dos rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí e Alto Tietê.

fonte: jornal Agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *