3 mil professores se demitem das escolas estaduais

02/09/2013

Por ano, em SP

Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo revela migração média de 8 docentes por dia para as redes municipais e particular e também para outras carreiras; salários baixos, pouca perspectiva e más condições de trabalho motivam abandono

A cada dia, oito professores concursados desistem de dar aula nas escolas estaduais paulistas e se demitem. A média de pedido de exoneração foi de 3 mil por ano, entre 2008 e 2012. Salários baixos, pouca perspectiva e más condições de trabalho estão entre os motivos para o abandono de carreira.

Os dados obtidos pelo jornal por meio da Lei de Acesso à Informação são inéditos. A rede tem 232 mil professores – 120,8 mil concursados, 63 mil contratados com estabilidade e 49 mil temporários.

Os docentes que abandonaram o Estado migraram para escolas particulares, redes municipais ou dão adeus às salas de aula. Foram 2.969 efetivos que pediram exoneração só no ano passado. É o maior índice desde 2008.

*com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.