Alckmin deve explicar a deputados contratos do Estado com Labogen

12/05/2014

Denúncia

Requerimento do PT será deliberado nesta terça-feira na Comissão de Saúde

A Bancada do PT na Assembleia Legislativa quer que o governador Geraldo Alckmin e o ex-governador José Serra compareçam a Comissão de Saúde para prestarem esclarecimentos a cerca dos contratos firmados entre o governo paulista, através da FURP – Fundação para o Remédio Popular – e as empresas Labogen e Piroquímica Comercial, operadas pelo “doleiro” Alberto Yousseff. Os contratos referem-se ao período de 1999 a 2007, em valores superiores a R$ 67 milhões.

As empresas foram citadas em processos do Mistério Público Federal que apuram denúncias de malversação de recursos públicos na compra de medicamentos e insumos.

O requerimento petista assinado pelos parlamentares Telma de Souza, Edinho Silva e Gerson Bittencourt foi protocolado na Comissão de Saúde da Assembleia paulista que realiza reunião nesta terça-feira (13/5) para deliberar acerca do pedido.

Documentos trazem ligação de doleiro com governos tucanos

O site Viomundo, em 8/5/14, apresenta documentos que provam as ligações profundas do governo FHC e os governos tucanos de São Paulo, com a Labogen e a Piroquímica. No total, os contratos somam R$ 164 milhões.

A reportagem ressalta que a Labogen nunca chegou a firmar contratos com o Ministério da Saúde durante a gestão petista, e, no entanto, o caso tem aparecido na mídia apenas de forma a “incriminar” o ex-ministro Alexandre Padilha. (sc)

Clique aqui para ler a reportagem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *