Alckmin reduz investimentos no Metrô e na CPTM

05/08/2011 16:08:00

Descaso

 

Mesmo diante de dois recordes vergonhosos para o metrô de São Paulo – o mais lotado do mundo e com o maior número em panes*, o governo Alckmin reduziu os repasses em 58,2% à Companhia do Metrô no primeiro semestre deste ano, quando comparado com o ano de 2010. Isso significa praticamente R$ 400 milhões a menos. Os dados constam do SIGEO – Sistema de Informação e Gerenciamento do Orçamento.

Já na Secretaria de Transportes Metropolitanos, a administração Alckmin, no primeiro semestre do ano, investiu 23,6%  menos na CPTM – Companhia Paulista de Trens Metropolitanos. Isto significa que praticamente todas as linhas de trens receberam menos investimentos em relação a 2010.

Importante lembrar que essa redução nos repasses aconteceu mesmo diante de um aumento de 5,47% na arrecadação em relação ao ano passado.

Falta de investimento é prática tucana

De 2008 a 2010, os investimentos previstos para o Metrô somavam o montante de R$ 9,58 bilhões. Entretanto, o governo do Estado  gastou apenas R$ 5,95 bilhões, deixando de investir R$ 3,63 bilhões (-37,88%).

Em 2010, o Metrô previa gastar com investimentos R$ 4 bilhões e foi aplicado R$ 1,7 bilhão, ou seja, deixaram de serem executados R$ 2,3 bilhões.

Veja a relação dos projetos que ficaram somente na promessa do Plano Plurianual (PPA 2004-2007)

. Implantação do Expresso Aeroporto e Trem de Guarulhos – 100% até 2007. Não saiu do papel.

.  Implantação do TRIM – Trem Intermetropolitano – SP-Campinas – 100% até 2007.  Foi rebatizado de Expresso Bandeirantes.  Não saiu do papel. 

. Implantação do TIM de Santos- VLT –  100% até 2007.  Também não saiu do papel.. Implantação do segundo trecho da Linha 5 – Lilás – 65,13% até 2007. Não saiu do papel.

. Implantação dos sistemas de baixa capacidade nas regiões metropolitanas – 100% até 2007.  Não saiu do papel.

. Implantação da Linha 8 – Rosa- Raposo Tavares-V. Guilherme – 7,25% até 2007.  Não saiu do papel.

. Construção do Ferroanel – 100% até 2007.  Não saiu do papel.

Promessas do governo José Serra que não foram cumpridas no Plano Expansão 2007-2010

.  Linha 4 – Amarela do METRÔ

.  Linha 5 – Lilás do METRÔ

. Modernização das linhas A, C e F da CPTM, e Linhas 1 – Azul e 3 – Vermelha do METRÔ

. Expresso Aeroporto / Trem Guarulhos

. Modernização da Linha D e Expresso ABC

. Sistema Integrado Metropolitano – SIM da Baixada Santista

* A Bancada do PT na Assembleia Legislativa registrou, ao menos, 50 panes nas linhas do Metrô desde 2007, quando começou a contabilizar – sem somar as panes ocorridas na manhã desta sexta-feira (5/8).

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.