Alunos da Faculdade de Medicina não comparecem à CPI

24/02/2015

CPI das Universidades

Nesta terça-feira (24/2), os alunos da Faculdade de Medicina da USP, participantes do “Show Medicina”, convocados para prestar depoimentos na CPI não compareceram a reunião.

Em um primeiro momento, os advogados dos alunos alegaram que não tiveram acesso aos autos da CPI. Mas tal afirmação foi refutada pelo presidente da Comissão, deputado Adriano Diogo: “Os documentos estão à disposição. A dificuldade é que os advogados querem cópia de mais de nove mil cópias de documentos”.

O deputado também explicou que “os depoentes estão citados há mais de 15 dias e se recusam sistematicamente em comparecer, mas serão novamente citados para depor em outra data.”. São eles:
. Flávio Augusto Miorim (formado em medicina pela FMUSP)
. Rodrigo Bolini (estudante da FMUSP)
. Diego Ubrig Munhoz (estudante da FMUSP)
. Gabriel Fernandes Ribeiro (formado em medicina pela FMUSP)
. Willian Tetsuo Yamagata (estudante da FMUSP)
. Roberto Chagas dos Santos (funcionário da FMUSP)
. Murilo Germano Sales da Silva (estudante da FMUSP)

Diretores e professores depõem na CPI nesta quarta

Nesta quarta-feira (25/2), na CPI que investiga as violações dos direitos humanos nas Universidades do Estado de São Paulo, professores e diretores devem prestar depoimentos.

São eles:
. Diná de Almeida Lopes Monteiro da Cruz, diretora da Faculdade de Enfermagem da USP (São Paulo)
. Vilanice Alves de Araújo Pünschel, presidente da Comissão de Graduação da Faculdade de Enfermagem da USP (São Paulo).
. Anna Maria Marques Cintra, magnífica reitora da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo
. Godofredo Campos Borges, diretor da Faculdade de Medicina da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC de Sorocaba)
. Maria do Patrocínio Tenório Nunes, professora titular da Faculdade de Medicina da USP

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.