Assembleia bloqueia acesso à população

14/08/2013

Impedimento

Crédito:

O líder da Bancada do Partido dos Trabalhadores na Assembleia, deputado Luiz Claudio Marcolino, protestou em plenário a decisão do presidente da instituição que informou aos líderes partidários que permitirá a entrada de apenas 40 integrantes do Ministério Público Estadual, outros 40 convidados do deputado Campos Machado e, no entanto, tem cerceado os cidadãos e integrantes de movimentos sociais que vieram para participar dos protestos de entrarem no Poder Legislativo.

Os deputados do PT cobraram da presidência da Casa o livre acesso da população ao Legislativo e protestou contra a manobra dos governistas de pautarem o projeto de lei complementar – PEC 01, de autoria do deputado Campos Machado, que concentra no Procurador Geral de Justiça as ações apresentadas ao Ministério Público Estadual.

Os ânimos se exaltaram quando o deputado João Paulo Rillo cobrou de maneira veemente o presidente da Casa de ter preparado um esquema de policiamento muito maior do habitual e descreveu a postura hostil e violenta da polícia que inclusive abordou de maneira truculenta os parlamentares petistas, João Paulo Rillo, Beth Sahão e Enio Tatto.

Tatto, que é primeiro secretário da Assembleia Legislativa questionou também os obstáculos apresentados a permanência do carro de som nas imediações do Parlamento estadual.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.