Assembléia Popular

30/11/2006 18:00:00

Crédito:

Enio Tatto

A Assembléia Legislativa de São Paulo prorroga por mais um ano (de 1ª de dezembro de 2006 a 15 de dezembro de 2007), o Projeto Resolução de 2003, de autoria do deputado Enio Tatto, líder do PT.
O projeto intitulado “Assembléia Popular”, “abre” a Assembléia para a população manifestar na tribuna seus anseios, protestos reivindicações .

Essa nova fase começa na próxima quarta-feira (6/12), das 12h às 13 horas, no auditório Franco Montoro,do Palácio 9 de Julho.

A participação popular instituiu o programa “Tribuna Livre” é transmitida pela TV Assembléia, desde 2005. Cada orador tem direito a expressar-se por até 10 minutos. Para falar, basta o interessado se inscrever no dia em que pretende se pronunciar, obedecer à ordem de chegada e de inscrições.
O espaço democrático inédito no Legislativo paulista, a Assembléia Popular garante o direito do cidadão se pronunciar publicamente em caráter pessoal ou como representante de entidade da sociedade civil (sindicato de classe, associação de bairro, comunidades eclesiais, entre outras).

Para o deputado Enio Tatto, autor da iniciativa a instituição da ” Assembléia Popular” contribui para o fortalecimento do sistema democrático, pois “a iniciativa assegura ao cidadão comum a possibilidade de expressar publicamente suas opiniões, interagindo com o Poder Legislativo estadual, aproximando-se, assim, de suas decisões”.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.