Assembléia quer esclarecimentos sobre patrocínio destinado à revista do amigo do ex-governador

21/06/2006 17:00:00

O valor empenhado pela secretaria foi de R$ 120 mil a título de patrocínio institucional, na revista.

A relação entre o ex-governo de Alckmin e Jou Eel Jia tem demonstrado ser uma constante, o próprio acupunturista em entrevista no jornal Diário de S.Paulo, do dia 17/04, admite ter uma série de convênios com o governo. O acupunturista alega que trata-se de um serviço voluntário, mas na realidade, além do patrocínio à revista Ch’an Tão feito pela Sabesp e pela CTEEP, a filha de Eel Jia, Suellen Jia é sócia de Thomaz Alckmin, filho do ex-governador, numa empresa de produtos naturais. Os jovens já são investigados pelo Ministério Público por fornecerem produtos ao Spa de Jia.

O deputado Enio Tatto autor da convocação aprovada pela Comissão de Finanças e Orçamento acredita na ocorrência de gastos indevidos. Tatto lembra que “o ex-governador também gastou R$ 1.044 milhão em um curso de meditação para a Secretaria de Educação do Estado, outro produto de Eel Jia.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.