Ato contra a violência machista marca o Dia da Mulher

04/03/2013

8 de março

Atividade tem concentração prevista para às 13 horas, na Praça da Sé, e segue em passeata pelas ruas do centro de São Paulo

Os movimentos populares comemoram o Dia da Mulher, 8 de março, com um ato no centro de São Paulo. Com o lema “Mulheres em luta contra a violência machista, racista e lesbofóbica!”, a atividade terá concentração às 13 horas, na Praça da Sé.

A secretária Estadual de Mulheres do PT, Marta Regina Domingues, fala dos 113 anos de luta, resistência e conquistas da construção de uma sociedade mais justa. “Um devir no qual mulheres e homens tenham os mesmos direitos e compartilhem a construção da sociedade e a vivência concreta nela em condições de igualdade, na esfera pública e privada, nos espaços de poder político, na autonomia econômica, no respeito ao corpo e aos direitos sexuais e reprodutivos, nas responsabilidades com a família, os filhos e idosos, na vivência de uma educação não sexista e de uma sociedade sem machismo, sem racismo e sem lesbofobia”.

A secretária fala ainda da importância de participar do ato unificado do dia 8 de março. “As atividades do 8 de março, em todo o Estado de São Paulo, fortalecem as mulheres e evidenciam nossa disposição de luta para a emancipação e ampliação de direitos. Na capital, a realização do ato unificado das mulheres de várias entidades partidárias, sindicais e dos movimentos sociais feministas é um importante momento para dar voz às críticas necessárias e visibilidade às nossas reivindicações”, afirma.

Entre as principais reivindicações do ato estão salários igual por trabalho igual, creches públicas, pelos seis meses de licença maternidade e ampliação para a parental, que é a licença para a mãe e para o pai também, sem isenção fiscal para empresas, direto à amamentação no trabalho, democratização dos meios de comunicação, ampliação do acesso à terra, reforma urbana, moradia digna e ampliação da política de apoio à economia solidária.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.