Aumentam casos de violência nas escolas estaduais

03/10/2012

No interior paulista

Aumentam os casos de violência nas escolas estaduais do interior

Um estudante de 14 anos levou socos e pontapés de pelo menos quatro adolescentes, dentro da escola de Rio Preto, nesta terça-feira, 2/10, em São José do Rio Preto. Os pais manifestam indignação, dizem que o filho vem sofrendo bullying desde o início do ano e desde, então, cobram ação da escola.

A situação se repete em diversas escolas públicas estaduais do interior do Estado. Recentemente uma escola de Botucatu também foi palco das agressões, quando um garoto de 14 anos foi agredido com socos no rosto, na porta da escola. Segundo levantamento da Polícia Militar foram registrados 104 atendimentos de violências contra crianças e adolescentes, durante o período escolar, só no ano de 2011.

No mês passado, uma aluna de São João da Boa Vista, teve suas imagens gravadas pelo celular e divulgada na internet, a cena de uma das meninas chutando sua cabeça quando estava no chão. O caso aconteceu na porta da Escola Estadual Professora Isaura Teixeira Vasconcellos.

O governo do Estado, por meio da secretaria Estadual de Educação, não tem uma política pública para enfrentar o problema. Trata a questão como se fosse uma situação pontual, mas no entanto, adota a postura padrão de chamar os pais para reunião e foi o que fez a direção da Escola de São João da Boa Vista, que anunciou que “vamos deixar bem claro que esse tipo de comportamento não é aceito na escola.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *