Bancada vai à Procuradoria contra apresentação partidária de secretário

09/10/2009 17:26:00

Audiência Pública

 

 

O líder da Bancada do PT na Assembleia entrou com representação na Procuradoria Geral de Justiça para apurar inconstitucionalidade e improbidade na conduta do secretário da Educação, Paulo Renato Souza, durante audiência pública realizada na Casa, no último dia 6.

A apresentação do secretário sobre a educação paulista provocou polêmica na audiência promovida pelo Colégio de Líderes. Paulo Renato exibiu um arquivo em power point com dados e planos traçados para a Educação pelo Governo do Estado de São Paulo entre os anos de 2006 a 2010.

O material, apresentado com o logotipo do PSDB, partido do secretário e do governador José Serra, trazia a informação sobre evento realizado pelo Partido em setembro, em Natal, capital do Rio Grande do Norte.

 “É uma confusão entre o público e o privado, entre governo e partido”, criticou o deputado Rui Falcão durante a audiência. Segundo à representação, “o uso de material oficial em evento partidário claramente viola a moralidade administrativa, mister portanto a tomada de providências, inclusive para que, registrando o Ministério Público Paulista seu rigor contra tais práticas, o caso alcance um caráter educativo, coibindo novas ocorrências como esta.”.

Veja abaixo a íntegra do documento enviado à Procuradoria Geral de Justiça.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.