Bancários realizam desfile “modelitos da Lu Alckmin”

12/04/2006 17:50:00

Crédito:

Manifestação Alesp

Parodiando os 400 vestidos, doados a ex-primeira dama, funcionárias do banco desfilaram na entrada do Parlamento paulista, roupas que eram nomeadas com ironia a suposta doação.
As “modelos” desfilaram num tapete vermelho improvisado e as peças foram anunciadas como picolé de chuchu, ricota. Outros elementos de destaque foram as agulhas, numa alusão à acupuntura e as denuncias que envolvem o chinês, médico do governador e acusações de tráfico de influência e -a participação do filho de Alckmin.

A manifestação reuniu cerca de 200 pessoas que pressionaram pela instalação da CPI da Nossa Caixa. “Alckmin falou que iria dar um banho de ética, mas o que vimos foi um desfile de denuncias de irregularidades”, ironizou Raquel Kacelnikas, diretora do Sindicato dos Bancários de São Paulo.
Ainda na ocasião a sindicalista comentou sobre as outras denúncias contra o ex-governador Geraldo Alckmin e ao final exigiu “somos contra as privatizações e que os tucanos não coloquem às mãos na Nossa Caixa”.
Também estiveram presentes representantes dos Sindicatos dos Bancários do ABC, Jundiaí, Guarulhos, Mogi, Taubaté, Vale do Ribeira, Bragança Paulista, Limeira, Araraquara, Catanduva, Barretos, Bauru, Presidente Prudente, Assis e a Associação dos Bancários Aposentados de São Paulo.
No final do desfile, aposentados e funcionários foram aos gabinetes dos deputados para entregar fogões de plástico, que representavam à compra dos 500 fornos em duplicidade realizados por Lu Alckmin, quando dirigia o Fundo Social de Solidariedade.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *