Base aliada de Alckmin não quer que presidente da Sabesp explique crise da água

29/10/2014

Descaso tucano

Durante a reunião da Comissão de Infraestrutura, nesta quarta-feira (29/10), o deputado da base aliada do governador, ALex Manente (PPS), pediu vistas ao requerimento de autoria do deputado do PT, Alencar Santana Braga, que convoca a presidente da Sabesp, Dilma Pena, o diretor-presidente da Arsesp, José Luiz de Oliveira e o Superintendente do DAEE, Alceu Segamarchi Jr., para prestarem esclarecimentos sobre a crise de abastecimento de água que assola várias regiões do Estado.

O direito ao pedido de vistas é uma prerrogativa parlamentar, no entanto, a base governista na Assembleia Legislativa tem usado deste expediente para prorrogar há meses a aprovação de requerimentos que convocam autoridades estaduais para prestar esclarecimentos aos parlamentares.

Os deputados petistas Alencar Santana Braga, presidente da Comissão, e João Paulo Rillo, líder da Bancada do PT, pediram para que Manente desconsiderasse o pedido de vistas, mas não foram atendidos.

“É uma tentativa de enrolar. Fica clara a manobra do governo. Fazemos aqui o nosso protesto, o nosso repúdio a forma que o governo do Estado trata a questão da falta de água, que chega a ser desumana”, afirmou Rillo.

O requerimento ainda solicitava o convite aos diretores das principais bacias que abastecem a Região de São Paulo, do Alto Tietê, Chico Brito, de Campinas e Região (PCJ), Gabriel Ferrato dos Santos, o diretor-presidente da Agência Nacional de Águas, Vicente Andreu, e os promotores de Justiça Ivan Carneiro Castanheira e José Eduardo Ismael Lutti, que assinam ação civil pública ajuizada contra a Sabesp, a qual visa evitar o agravamento da crise.

Comissão faz arguição de indicados a cargos na Arsesp

Ainda durante a reunião, foram arguidos, Antonio Luiz Souza de Assis e Waldemar Bom Júnior, indicados para cargos de diretores na Agência Reguladora de Saneamento e Energia do Estado de São Paulo (Arsesp).

Também participaram da reunião, os petistas Antonio Mentor e Geraldo Cruz.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *