Caminhão deixa R$ 9 mil por mês nos pedágios de SP

24/08/2010 15:42:00

Custo Pedágio

 

 

 

Toda a população é atingida pelos altos preços dos pedágios em São Paulo. As tarifas estão embutidas nos preços das mercadorias transportadas pelas rodovias pedagiadas e também nas passagens de ônibus.

No caso do transporte de mercadorias, a cobrança do pedágio deveria significar a redução do custo operacional do caminhão com uma estrada bem cuidada. Menos gastos com a manutenção do caminhão refletiriam em produtos com preços menores. Mas, a partir de uma determinada tarifa de pedágio, o efeito se inverte e acaba tendo um impacto negativo na economia como um todo.

Francisco Pelucio, do Sindicato das Empresas de Transportede Cargas de São Paulo e região (Setcesp), afirma que em São Paulo o pedágio tem impacto de 10% a 25% do custo do transporte. Para ele, um pedágio viável deveria representar até 3% do custo do transporte.

O pedágio paulista aumenta o “custo São Paulo”, principalmente levando em conta que 90% do transporte feito no Estado é pelas rodovias.

De acordo com estudo realizada pela Liderança do PT na Assembleia Legislativa, um caminhão de seis eixos, que roda 15.000 quilômetros ao mês (o que é normal segundo os transportadores) nas rodovias pedagiadas de São Paulo, pagará mensalmente R$ 9.459,00 de pedágio. No ano, serão R$ 113.508,00. Com combustível, esse mesmo caminhão gastará anualmente R$ 117.540,00. O gasto de pedágio do caminhão é quase o mesmo do combustível.

Eraí Maggi Scheffer, um dos maiores produtores de soja do Mato Grosso, afirma que levar soja para o Porto de Santos custa R$ 1.095,50, em cada viagem, só de pedágio, o equivalente a 42 sacas do produto.

O impacto nas passagens de ônibus

No Estado de São Paulo, linhas de ônibus intermunicipais, que atendem a população mais carente, apresentam as passagens mais caras porque têm embutida no preço o custo do pedágio.

O governo do Estado chegou a afirmar que o pedágio só atingia a classe média. Mas a verdade é que ele incide mais fortemente sobre a população de menor renda. Em algumas linhas do transporte intermunicipal, o pedágio embutido na passagem chega a 14% do preço total. Em algumas linhas o usuário paga R$ 0,70 a mais na viagem. Esse passageiro no final de um ano terá gasto de R$ 420,00 com pedágio, embutido na passagem do ônibus.

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.