Cantareira atingirá esgotamento na Copa

17/03/2014

Falta de água

Comitê anticrise lançado pelos governos estadual e federal antecipa chegada ao “volume útil” do manancial que abastece 47% da Grande São Paulo e a região de Campinas, antes prevista para agosto. Sabesp terá captar “volume morto” de reservatórios, nunca utilizado

O Sistema Cantareira deve atingir esgotamento no mês de julho, durante a Copa do Mundo no Brasil. A estimativa foi feita pelo comitê anticrise lançado pelos governos estadual e federal e antecipa chegada ao “volume útil” do manancial que manancial que abastece 47% da Grande São Paulo e a região de Campinas, antes prevista para agosto.

No último final de semana, o volume de água armazenado no Sistema Cantareira chegou a 15,2%, segundo dados da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp). A falta de chuva e o calor neste início de ano têm feito o nível do reservatório acumular recordes negativos. Desde o dia 9, o armazenamento vem caindo progressivamente, cerca de 0,1 ponto percentual por dia. A situação é a pior desde que o sistema foi criado, na década de 1970.

Diante do cenário, a Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo (Sabesp) terá de captar a água do chamado “volume morto”, o que corresponde a cerca de 400 bilhões de litros que ficam no fundo dos reservatórios, uma reserva estratégica nunca utilizada.

fonte: Brasil 247, com informações do jornal O Estado de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *