Caos na segurança ameaça fiéis de São Paulo

15/12/2014

Desgoverno

Caos na segurança ameaça fiéis de São Paulo
A falta de segurança em São Paulo, já chegou aos templos da Fé. Segundo levantamento realizado pelo jornal Agora São Paulo, em meados este ano até o mês de outubro, das 20 paróquias consultadas, 13 havia sofrido assaltos. Ou seja, 65% das paróquias foram vítimas de ladrões.

Os assaltos às igrejas tornaram-se tão frequentes que padres precisam dar uma ajudinha aos santos contratando seguranças, instalando alarmes e até câmeras no altar para evitar furtos e roubos.
O padre João Enes, da paróquia Nossa Senhora Casaluce, no Brás (região central) conta que “Em agosto, levaram botijão de gás, máquina de frios, 600 refrigerantes e cervejas de uma festa. Não se respeita mais nem a igreja.” As paróquias recorrem à instalação de câmeras de vídeo.

Há uma semana o bispo dom Sérgio de Deus levou á polícia a informação de que 15 igrejas já foram assaltadas na zona norte da capital e está apavorando padres e fiéis. “Os ladrões entram depois da coleta de doações e levam tudo o que foi arrecadado embora”, contou dom Sérgio, disse que vai enviar um relatório com detalhes de cada assalto, ao comando da PM e pleitear reforço.

Arrastão também assombra os evangélicos
Na cidade de Mauá, situada na Região Metropolitana de São Paulo, durante um culto estava sendo realizado em uma igreja evangélica. O grupo seguiu até o local e começou a roubar dinheiro, celulares e bolsas dos fiéis. Dentre as vítimas, estavam dois guardas municipais. Um deles acionou a Polícia Civil e a Guarda Municipal, quatro pessoas foram detidas, com eles, foram apreendidos alguns objetos das vítimas, dinheiro e uma arma calibre 22. Das 15 vítimas que estavam na igreja, quatro prestaram queixa. (rm)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.