Caravanas 2013 estiveram em Presidente Prudente e Alta Paulista

27/05/2013

PT Estadual

No último sábado (25/5), as Caravanas do PT-SP estiveram nas macrorregiões de Presidente Prudente e Alta Paulista.

Presidente Prudente: petistas debatem o desafio do partido no interior

A atividade realizada no Sindicado dos Bancários reuniu cerca de 400 pessoas, entre vereadores, simpatizantes, membros e presidentes de diretórios municipais da região.

O evento foi coordenado por Regina Penatti, membro da executiva da coordenação da macro e secretária de Assistência Social da Prefeitura do município Presidente Prudente, além de Celso Gazolla, também membro da coordenação da macro.

Na abertura do encontro, o presidente do PT de Presidente Prudente, Aparecido de Oliveira Camargo, disse que é necessário preparar e organizar o partido para a disputa de 2014. “Para nós prepararmos os embates do ano que vem, temos um trabalho organizacional: estruturar o nosso partido para ganhar o governo de São Paulo”, avalia.

Já o presidente estadual do partido, deputado Edinho Silva, pontuou a necessidade de desenvolver melhor o interior. “Temos que debater o esvaziamento demográfico de muitas regiões. Os jovens saem do interior em busca das regiões metropolitanas por falta de perspectiva de futuro. Não há um projeto de desenvolvimento regional”, destacou.

Edinho criticou a postura do governo do Estado que investiu apenas R$ 300 milhões na Agência de Desenvolvimento no último ano. “O valor não é nem mesmo o orçamento de muitas cidades paulistas”, pontuou.

O coordenador da macrorregião e vice prefeito do município, Marcos Vinha, avalia que a militância do interior será o diferencial para a disputa eleitoral de 2014. “O PT, para ganhar o estado de São Paulo, tem que olhar com a visão que aqui vai eleger o governador do partido do estado, e não só a região metropolitana. Quem vai dar a vitória somos nós , que estamos batendo de porta em porta, estamos na prefeitura e sabemos o tanto que avançamos e precisamos avançar”, afirmou.

O secretário de comunicação do PT-SP, Luiz Aparecido da Silva, Cidão, fez uma exposição sobre a atuação da comunicação na macrorregião e chamou atenção sobre a página do site do partido que, segundo ele, tem que ser utilizada com maior frequência.

Na atividade, também foi apresentado por Kita Amorin, coordenador do Grupo de Trabalho Eleitoral, representando o interior, um mapa de densidade político eleitoral da macrorregião de Presidente Prudente, que hoje é representado por 31 diretórios municipais, 5 vice-prefeitos e 24 vereadores eleitos em 2012.

Estiveram presentes o deputado federal Newton Lima, o líder do PT na Alesp, Luiz Cláudio Marcolino, os deputados Ênio Tatto, Carlos Neder, Professor Tito, Beth Sahão e Alencar Santana. Além deles, Valdeci de Assis, o vice-prefeito de Álvares Machado, Claudemir Brambila e o vice de Presidente Venceslau, Osvaldo Ferreira Melo. Além dos membros da Executiva, Silvana Donatti (Geral), Irineu Casemiro (Finanças), Rodrigo Funchal (Executiva) e João Flor (Organização).

Militantes destacam evolução no PT na macro Alta Paulista

Durante o encontro, que reuniu cerca de 200 pessoas, o presidente estadual do PT-SP, Edinho Silva, explicou que o objetivo das caravanas é fortalecer a construção partidária e que, ao fim delas, haverá um Encontro do Interior, onde serão apontadas diretrizes que vão nortear o PT na eleição do ano que vem. “As delegações das Macros do interior estarão juntas no Grande Encontro do Interior para aprovarmos um documento que orientará a nossa ação política em 2014 e a construção partidária. É de extrema importância que discutamos os avanços e os problemas que o PT encontra para a construção partidária em cada região do estado e que possamos ainda aprovar resoluções que simbolizem a construção partidária”, explicou.

De acordo com o coordenador da macrorregião da Alta Paulista, Sidney Teruel, a passagem da caravana é importante para o diretório estadual apontar um diagnóstico da região. De acordo com ele, o intuito da direção estadual PT é mobilizar toda a militância e as lideranças para serem ouvidas pelos deputados e dirigentes e, assim, fazer um diagnóstico regional que, por sua vez, vai trazer subsídio para a campanha de 2014.

O anfitrião, vice-prefeito de Tupã, Thiago Santos destacou que a caravana é muito importante para a região. Segundo ele, a atividade contribui para uma aproximação com a população em geral. “Nós sabemos que os 10 anos à frente ao governo federal serviu para o PT modificar a realidade de diversas famílias. O interior do estado não ficou de fora disso”, disse.

O presidente do PT de Tupã, José Romero Sobrinho falou que a passagem da Caravana na região é importante para mostrar o momento de crescimento do partido na Alta Paulista. “A região é cercada por tucanos e o PT vem tendo uma grande ascensão e, em meio a essa ascensão, você traz um encontro de deputado estaduais, federais, senador e líderes só fortalece ainda mais nossa região”, apontou.

O secretário estadual de Comunicação do PT Paulista, Aparecido Luiz da Silva falou da importância que a comunicação tem para o partido e para a sociedade. Para Cidão, a comunicação é uma das principais estratégias que o PT tem para se fortalecer nesse momento que antecede a disputa eleitoral.

Membro da executiva e ex-coordenador da macro, João Grandão fez um diagnóstico político da macro. Ele destacou que hoje existem 3.130 filiados na região numa realidade de 294.948 eleitores. Alta é composta ainda 30 diretórios municipais, com representação de dois prefeitos, seis vices e 32 vereadores.

Também estiveram presentes na Caravana o deputado federal José Mentor, o líder da Bancada na Assembleia, Luiz Cláudio Marcolino, os deputados Alencar Santana e Professor Tito, além do prefeito de Queiroz, Walter Rodrigo da Silva, o vice-prefeito de Tupã, Thiago Santos, o vereador de Tupã, José Maria de Oliveira, as vice-prefeitas de Dracena, Célia Regina Brandini, e de Junqueirópolis, Nair de Souza Leite e os membros da executiva estadual do PT: o secretário de Finanças Irineu Casemiro, Rodrigo Funchal (Executiva), João Flor (Organização) e a secretária geral, Silvana Donatti.

fonte: Linha Direta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.