*CENA POLÍTICA – QUARTA- FEIRA (28/2)*

28/02/2018

Crédito:

*Direitos dos estudantes autistas*
O líder petista na Alesp, Alencar Santana Braga, e o deputado Carlos Giannazi (PSOL) reuniram-se com o secretário da Educação, Renato Nalini, para conversar sobre o edital que trata de convênios com escolas particulares que trabalham com estudantes autistas. Uma comissão foi formada após uma audiência pública realizada na Alesp para propor, acompanhar e fiscalizar ações que possam melhorar o atendimento a essas crianças e jovens.
https://goo.gl/kNm83F

*Dribles e pedaladas*
Dribles da base de Alckmin na Assembleia vêm impedindo a aprovação de requerimentos de *Enio Tatto* para convocação de autoridades, gestores públicos e dirigentes da concessionária Ecovias para tratar da agressão policial contra ciclistas participantes da tradicional Descida a Santos. A última manobra foi agendar reunião na Artesp com os deputados da Comissão de Transporte para negociar a permissão da descida a Santos, denominada pedalada solidária. Enio condicionou a realização da reunião à presença de representantes dos ciclistas e lembrou ainda que há 20 anos se aguarda a regulamentação da lei de 1998 que instituiu o Plano Cicloviário do Estado de São Paulo.

*Importância do Condepe*
A CPI da Operação Ethos ouviu o presidente da OAB/SP, Marcos da Costa, que ressaltou a importância do Condepe na defesa dos direitos humanos, ao responder as questões dos coronéis Telhada e Camilo, ambos da base de Alckmin. Costa esclareceu que o ex- vice presidente do Condepe Luiz Carlos Santos, condenado por envolvimento com o crime organizado, não é advogado, como foi noticiado pela imprensa. Também defendeu o aperfeiçoamento do sistema de escolha dos integrantes da entidade para que esta tenha avanços e garantias, o que foi referendado pela deputada *Beth Sahão*.

*Delegadas atendendo mulheres*
Passou na Comissão de Segurança e Assuntos penitenciários projeto de autoria do deputado *Barba* que prevê presença de delegadas mulheres em qualquer delegacia, não apenas nas especializadas.

*Contra explosão de caixas*
A comissão também aprovou projeto de *Beth Sahão* que trata da instalação de dispositivos que retardem ou impeçam o acionamento de explosivo nos caixas eletrônicos. Projeto chega em boa hora, considerando o grande número de casos de explosão nos caixas de autoatendimento ocorridos durante o governo Alckmin, principalmente no interior. Confira ranking das explosões na matéria: https://goo.gl/EiGrRo

*Ajustes na Ouvidoria da Alesp*
Comissão de Finanças aprovou dois projetos de resolução da deputada *Márcia Lia* que regulam as atividades da Ouvidoria da Alesp. Um deles permite que a Ouvidoria receba, examine e encaminhe aos órgãos competentes as reclamações e denúncias referentes à Assembleia Legislativa. O outro fixa quórum de um terço dos membros das comissões para abertura das audiências públicas e garante que estas prossigam com a presença de apenas um deputado, desde que membro efetivo.

*Prêmio Ana Primavesi*
A criação do Prêmio Ana Primavesi, na Assembleia Legislativa de São Paulo, foi aprovada pela Comissão de Finanças e Orçamento nesta quarta-feira, 28/2. A proposta dos deputados *Ana do Carmo* e Aldo Demarchi visa homenagear pessoas, órgãos e entidades que se destacarem no desenvolvimento da agroecologia e no fortalecimento da produção orgânica no Estado de São Paulo. Primavesi é engenheira agrônoma, pesquisadora, defensora do melhor trato da terra e da produção de alimentos livres de agrotóxicos. É referência mundial na agricultura orgânica e agroecologia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.