Cidade tem mais de 90 casas roubadas nos primeiros 15 dias do ano

19/01/2012

Insegurança pública

A insegurança pública toma conta da Capital paulista que tem em média um roubo a cada quatro horas

Foram registrados, nos primeiros 15 dias deste ano, 93 casos de roubos de casas em São Paulo – uma média de um a cada quatro horas. É o que apontam dados dos setores de inteligência das polícias Civil e Militar.

A maior concentração de roubos foi na Penha, zona leste. A delegacia do bairro, o 10º DP, registrou oito casos. A Zona Leste registrou um total de 49. A segunda região da cidade com mais assaltos foi a Zona Sul, com 21 casos. Depois aparecem a Zona Norte (15) e a Zona Oeste (8).

As estatísticas mostram também que a maioria dos roubos acontece à noite (41). Outro horário com muitas ocorrências é o período da manhã (24).

Em 2010, os roubos a residências somados aos furtos chegaram a 2.560 na capital -média de um caso a cada três horas e meia. Os dados agora revelados, porém, excluem os furtos – quando o assalto ocorre sem que a vítima perceba.

Para Marcos Carneiro Lima, chefe da Polícia Civil, os roubos contra residências têm sido objetivo de quadrilhas que antes atacavam estabelecimentos comerciais. “O criminoso quer facilidade, uma fuga mais fácil. Num comércio, com câmeras e menos dinheiro, porque hoje muitas compras são feitas com cartões, ele está mais vulnerável. Dentro da casa, ele se sente mais seguro”.

fonte: Folha de S. Paulo e O Globo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.