Com empresas contratadas pelo governo, Doria faz campanha para Alckmin

15/05/2015

Não pode

O jornalista João Doria Junior, que já comanda a campanha de Geraldo Alckmin para 2018, criou palco para o tucano entre empresários internacionais em um evento em Nova York.

O evento organizado pelo Lide lotou sala do Harvard Club de executivos para ouvir o governador de São Paulo, introduzido pelo ex-presidente tucano FHC.

Na apresentação, segundo a colunista Sonia Racy, Alckmin deu uma aula sobre por que investir em São Paulo, na qual abordou desde a violência, a água e infraestrutura até pré-sal e incentivos fiscais. Mostrou que o PIB do Estado triplicou em 12 anos e que a dívida caiu 40%. E advertiu: “A sociedade brasileira é melhor que sua elite”.

Doria também chamou ao púlpito mais de 10 empresários presentes, entre eles Binho Ometto, da Cosan, e Jackson Schneider, da Embraer, que elogiaram a gestão de Alckmin.

Bancada do PT

A Bancada do PT protocolou em abril uma série de requerimentos solicitando informações sobre todos os contratados e subcontratados da subsecretaria de Comunicação, em especial sobre pagamento pelo governo de São Paulo de valores expressivos para empresas de João Doria Junior, conhecido por desqualificar representantes do PT.

O último relatório da subsecretaria de Comunicação do governo de São Paulo mostra a empresa dele, Doria Editora, em quase todos os contratos.

O relatório é confuso, em alguns casos não discrimina o que cada um ganhou. A empresa Appendix, que edita o blog Implicante, também aparece várias vezes no documento.
Mas um contrato permite ter uma ideia de quanto João Dória ganha do governo de SP.

É um contrato válido para o período de março a setembro de 2014, e que lista como único recebedor a empresa de João Dória: R$ 595.175,00.

Com informações do Brasil 247

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *