Comissão de Educação realiza audiência com candidatos à Reitoria

06/11/2009 17:38:00

Eleições na USP

 

A Comissão de Educação da Assembleia Legislativa, presidida pela deputada Maria Lúcia Prandi, realiza nesta segunda-feira (09/11) audiência pública com os candidatos à Reitoria da Universidade de São Paulo. O debate, solicitado em requerimento pelo líder da Bancada do PT, deputado Rui Falcão, acontece na véspera do segundo turno das eleições na Universidade.

São oito os candidatos à vaga da reitora Suely Vilela: Armando Corbani (pró-reitor de Pós-Graduação), João Grandino Rodas (diretor da Faculdade de Direito), Sonia Penin (diretora da Faculdade de Educação), Wanderley Costa (coordenador de Comunicação Social), Francisco Miraglia Neto (professor do IME), Glaucius Oliva (diretor do Instituto de Física de São Carlos), Ruy Altafim (pró-reitor de Cultura) e Sylvio Sawaya (diretor da FAU).

O físico Glaucius Oliva foi o candidato mais votado no primeiro turno da eleição, que ocorreu no dia 20 de outubro, mas todos os oito concorrentes irão para o segundo turno, em 10 de novembro. Nesse dia, serão conhecidos os três primeiros candidatos da lista que será encaminhada ao governador José Serra, que é o responsável pela escolha final.

Temas polêmicos

Além de administrar a universidade, o reitor tem entre suas funções gerenciar o orçamento acadêmico, aprovar abertura de crédito, nomear pró-reitores, coordenadores e diretores acadêmicos e contratar e demitir docentes e não-docentes.

Os temas mais recorrentes nos debates que já foram realizados entre os candidatos à vaga são o financiamento de pesquisas acadêmicas, a participação da USP no Enade, que é o sistema de avaliação que substituiu o Provão, a atuação das fundações privadas de apoio à universidade e o próprio sistema eleitoral uspiano, que tem provocado polêmicas.

O processo eleitoral na universidade garante voto a 1950 acadêmicos, no primeiro turno, e a apenas 320, no segundo. São integrantes do Conselho Universitário, dos 4 Conselhos centrais e das congregações das 40 unidades; estes últimos não votam no segundo turno.

A Comissão responsável por coordenar o processo de escolha do novo reitor da USP lançou um site e um blog: www.usp.br/eleicao2009 e http://www.eleicao2009.blogspot.com/.

Criada em 1934, a USP tem 87 mil alunos matriculados em 4 campis na capital, dois em São Carlos e também unidades em Bauru, Piracicaba, Pirassununga, Lorena e Ribeirão Preto. A audiência pública com os candidatos à reitoria será realizada às 14h30, no Plenário Tiradentes.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *