CPI Aterro Pajoan aprova três convocações

13/08/2014

Investigação

A CPI do Aterro Pajoan, que investiga as causas do desmoronamento de 450 mil toneladas de lixo do aterro situado no município de Itaquecetuba, ocorrido em 25 de abril de 2011, aprovou nesta terça-feira (12/8), quatro requerimentos de autoria do presidente da comissão, deputado Alencar Santana.

Os requerimentos têm o objetivo de prorrogar os trabalhos da CPI pelo prazo de 60 dias e de convocar o secretário municipal do Meio Ambiente de Itaquaquecetuba à época dos fatos investigados pela CPI; a atual secretária municipal do Meio Ambiente de Itaquaquecetuba, Regina Satie Taniguishi Muranaka; e o proprietário do aterro, José Cardoso.

Também esteve presente na reunião, o deputado petista Luiz Cláudio Marcolino. (*com informações da Agência Alesp)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.