CPI da Merenda deve definir ritmo de trabalho

29/06/2016

Nesta quinta

A CPI da Máfia da Merenda se reúne amanhã 30/6, às 9 h, para deliberar a pauta que consta apenas um item. Os integrantes devem decidir se haverá sessões durante o período de recesso parlamentar.

Os trabalhos da CPI devem ser desenvolvidos por um período de 120 dias e conduzidos por uma composição predominada pela maioria governista.

Iniciada há uma semana a presidência da CPI ainda não apresentou oficialmente um roteiro de trabalho. O relator deputado Estevam Galvão escolhido pelo presidente, Marcos Zerbini, é um aliado de longa data do governo Alckmin e o proponente desta CPI, que inviabilizou a proposta original do PT.

Além do roteiro do trabalho os integrantes da CPI devem decidir o plano de trabalho, o ritmo do processo e quais conclusões serão ou não incluídas no relatório final.

A Bancada do PT, que tem o deputado Alencar Santana Braga como titular e Luiz Turco na suplência, ainda pleiteia mais uma cadeira na composição da CPI.

Para o deputado Alencar Santana Braga, a oposição vai atuar para que os trabalhos não mudem o foco das denuncias da Operação Alba Branca que apontam a participação de dirigentes e ex- secretários do PSDB envolvidos no esquema e voltarem- se para as prefeituras e para os trabalhadores produtores do Programa de Agricultura Familiar.

Rosário Mendez

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.