Crise da água eleva custo de vida em SP, diz Fecomercio

06/02/2015

Custo SP

Crise da água eleva custo de vida, diz Fecomercio
A Segundo o indicador Custo de Vida por Classe Social (CVCS) o custo de vida do morador da Região Metropolitana de São Paulo, que é aferida pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo ( Fecomercio- SP), ficaram mais caros alimentação, bebidas e habitação.
Segundo a instituição o sub- grupo refrigerante e água mineral – do grupo alimentação e bebidas (dentro do domicílio) subiu 13,3% em relação ao período janeiro de 2014 e agora o mesmo mês de 2015.
Com o anúncio da redução da base de calculo da água, definido pelo governo Alckmin, publicado no Diário Oficial, enquadrando o recurso como um item da cesta básica, a FecomercioSP, avalia que os preços isso pode refletir para reduzir a pressão dos preços.
Na habitação o subitem energia elétrica residencial encerrou o ano de 2014 com incremento de 16,4% contribuindo com 0,54% de aumento do índice geral.

Fonte- Jornal Valor Econômico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.