Debate: cumplicidade de empresários com a ditadura

22/11/2013

Nesta segunda

A Comissão da Verdade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva”, presidida pelo deputado Adriano Diogo, receberá o jornalista argentino Horacio Verbitsky nesta segunda-feira (25/11) a partir das 13h30, para debater a cumplicidade do poder econômico-empresarial com a ditadura. O trabalho desenvolvido por Verbitsky em parceria com Juan Pablo Bohoslavsky gerou um livro lançado recentemente chamado “Contas pendentes: os cúmplices econômicos da ditadura”.

Verbitsky apresentará esse novo trabalho e discutirá de que formas o Brasil poderá aprender com a experiência argentina na luta por verdade e justiça, sobretudo no que se refere ao apoio civil à ditadura. Na Argentina, a pesquisa revelou a cumplicidade de pessoas, empresas e instituições que se beneficiaram com o terrorismo de Estado (bancos como o Loyds e o Citibank, empresas como Ford, Mercedes Benz, dentre outras).

Horacio Verbitsky trabalhou nos principais jornais e revistas argentinos. Em sua obra “O voo”, revelou, com ineditismo, como funcionavam os “voos da morte”, nos quais opositores políticos eram arremessados vivos de aviões em alto-mar pela ditadura.

Desde 2000, Verbitsky preside o Centro de Estudios Legales y Sociales (CELS), importante ONG argentina fundada em 1979 e que tem atuado diretamente nos processos judiciais contra agentes públicos que cometeram crimes contra a humanidade na Argentina.

Audiência Pública sobre o livro “Cuentas Pendientes: los cómplices económicos de la ditadura”
Data: 25/11, 13h30
Local: Plenário Dom Pedro, 1° andar
Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera | São Paulo | SP

Próximas audiências

. 26/11 – Audiência pública sobre “Ditadura e homossexualidade: a resistência do movimento LGBT”

No dia 26 de novembro, terça-feira, a partir das 14h, no Auditório Teotônio Vilela, a Comissão da Verdade do Estado de São Paulo “Rubens Paiva” realizará a audiência pública sobre “Ditadura e homossexualidade: a resistência do movimento LGBT” com a presença de:

– James N. Green – professor de História e Cultura Brasileiras na Brown University (EUA), tendo escrito o livro “Além do Carnaval: a homossexualidade masculina no Brasil do século XX”. Foi fundador do Grupo SOMOS (Grupo de Afirmação Homossexual) em São Paulo nos anos 70 e participou do Jornal O Lampião da Esquina.

– Marisa Fernandes – militante lésbica e feminista desde 1978. Mestre em História Social, integra o Coletivo de Feministas Lésbicas.

Audiência pública sobre “Ditadura e homossexualidade: a resistência do movimento LGBT”
Data: 26/11, 14h
Local: Auditório Teotônio Vilela, 1° andar
Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera | São Paulo | SP

. 28/11 – Audiência Pública sobre a desmilitarização das polícias

Em 28 de novembro, quinta-feira, a Comissão da Verdade do Estado de São Paulo, junto com o SOS Racismo e a Comissão de Direitos Humanos, discutirá a relação entre as violações de direitos humanos da ditadura brasileira e a violência de Estado ainda hoje existente.

Na parte da manhã, a partir das 10h, no Auditório Teotônio Vilela, Luiz Eduardo Soares discutirá o tema da desmilitarização da polícia. Soares é professor de Antropologia na UERJ e um dos maiores especialistas em segurança pública do país. Ele foi Secretário de Segurança Pública no Rio de Janeiro e ocupou a Secretaria Nacional de Segurança Pública.

À tarde, a partir das 14h, no Auditório Franco Montoro, será exibido o premiado documentário “Entre a Luz e a Sombra”, de Luciana Burlamaqui, que trata da violência e do sistema carcerário brasileiro. Depois do filme, haverá uma mesa de debates com a diretora, Padre Jaime (presidente da ONG Sociedade Santos Mártires) e Marcos Fuchs (da ONG Conectas – a confirmar).

28/11 – Audiência Pública sobre a desmilitarização das polícias
. Das 10h às 13h – debate com o professor Luiz Eduardo Soares
Local: Auditório Teotônio Vilela, 1º andar

. Das 14h às 18h – exibição do filme “Entre a luz e a sombra” seguido de debate com a diretora Luciana Burlamaqui
Local: Auditório Franco Montoro, andar Monumental
Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera | São Paulo | SP

. 29/11 – Audiência Pública sobre os casos de Arnaldo Cardoso Rocha, Iuri Xavier Pereira, Alex de Paula Xavier Pereira

Na sexta-feira, dia 29/11, às 14h, a Comissão da Verdade de SP colherá depoimentos sobre os casos de Arnaldo Cardoso Rocha, Iuri Xavier Pereira, Alex de Paula Xavier Pereira.

A Comissão contará com a presença de Iara Xavier, companheira de Arnaldo e irmã de Iuri e Alex, na recomposição dos fatos.

Audiência Pública sobre os casos de Arnaldo Cardoso Rocha, Iuri Xavier Pereira, Alex de Paula Xavier Pereira
Data: 29/11, 14h
Local: Plenário D. Pedro, 1º andar
Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera | São Paulo | SP

Todas as atividades realizadas na Assembleia Legislativa de São Paulo têm transmissão ao vivo pela internet. Acesse o link http://www.al.sp.gov.br/noticias/tv-alesp/assista/ e escolha no box o Auditório onde ela está sendo realizada.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *