Depoimento de doleiro não cita tesoureiro do PT, diz Ministério Público Federal

19/03/2010 18:01:00

Bancoop

 

Nota oficial do Ministério Público Federal de São Paulo, divulgada nesta sexta-feira (19/03), diz que os documentos da Procuradoria-Geral da República que embasaram a denúncia contra o doleiro Lúcio Bolonha Funaro, acusado de formação de quadrilha e lavagem de dinheiro, não fazem nenhuma menção ao ex-presidente da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) João Vaccari Neto, atual tesoureiro do Partido dos Trabalhadores.

“Tanto na documentação remetida pela Procuradoria Geral a São Paulo quanto na própria acusação formal remetida à Justiça pelo Ministério Público Federal, é necessário esclarecer, que não há nenhuma menção ao ex-presidente da Cooperativa Habitacional dos Bancários de São Paulo (Bancoop) João Vaccari Neto”, afirma a nota oficial do Ministério, assinada pela procuradora Anamara Osório Silva.

 

João Vaccari Neto tem sido alvo de intensa campanha difamatória. O Diretório Nacional do PT, inclusive, acionou judicialmente o Jornal O Estado de São Paulo e a Revista Veja devido às acusações sem provas ou base jurídica contra o tesoureiro.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *