Deputado faz intermediação que beneficiará famílias na área da Savoy

20/07/2012

Habitação em Carapicuíba

O impasse da ocupação da área que pertencia ao grupo Savoy, em Carapicuíba, tem mais de 10 anos e só agora, com a intermediação do deputado Isac Reis e do prefeito do PT, Sérgio Ribeiro, foram conquistados repasses de verba para a compra do terreno.

O deputado explicou que ao todo foram repassados R$ 28,4 milhões. O DAEE (Departamento de Águas e Energia Elétrica) responsável pela área da Lagoa transferiu R$ 7 milhões para que a Prefeitura compre a área e por intermédio dos programas habitacionais “Casa Paulista” (Estadual) e “Minha Casa, Minha Vida” (Federal), foram destinados R$ 21,4 milhões para construir as 1.072 moradias populares.

Durante o encontro com os moradores da Savoy no último dia 7 de julho, os moradores ficaram sabendo que o governo federal, por meio do Ministério das Cidades, irá investir R$ 65 mil por apartamento e o governo de Estado entrará com R$ 20 mil por unidade habitacional. “Fora isso o governo Federal repassará R$ 69 milhões e o governo Estadual R$ 28 milhões. Serão quase R$ 100 milhões investidos para resolver o problema daqui e do entorno da área da Savoy”, destacou o prefeito Sergio Ribeiro.

Segundo o deputado Isac Reis, as futuras moradias também beneficiarão as 272 famílias que vivem na Cava do entorno da Lagoa de Carapicuíba. “Este é o fim do pesadelo do despejo para os moradores da região, que a partir de agora podem dormir sossegados e com a garantia que terão um lar digno para morar”, enfatizou Isac.

Para que o projeto seja realizado, os moradores da Savoy serão divididos em grupos e transferidos para o bairro da Vila Helena, onde serão construídas 900 unidades habitacionais provisórias. Feito isso – com a área desocupada da Savoy- serão construídos os prédios definitivos.

Isac Reis destaca que a área da Savoy deverá ser denominada Jardim da Vitória a pedido dos moradores. “Este é um nome que traduz a luta destas pessoas, que sofreram ameaças constantes e foram muitas vezes vítimas de oportunistas, mas nunca deixaram de acreditar em nosso trabalho. Me sinto realizado hoje, pois esta conquista foi um dos objetivos traçados na minha trajetória política e graças a Deus, é um sonho que realizamos”, ressaltou Isac.

Saiba mais

Foram várias tratativas para a desapropriação do terreno para beneficiar os moradores. Em 2006 uma liminar barrou a reintegração e a Justiça acatou o argumento de Carapicuíba de aguardar os desdobramentos do processo de negociação. Em 2008, uma reintegração de posse começou a ser executada, com a presença de um efetivo de 520 policiais, mas foi impedida logo no início por uma nova liminar.

Neste ano, o deputado e o prefeito realizaram diversas reuniões com na Secretaria de Habitação do Estado de São Paulo e no Palácio do Governo, para agilizar a assinatura do convênio, tendo em vista que o prazo estipulado pela legislação eleitoral para o Estado fazer o repasse para a Prefeitura de Carapicuíba seria em 6 de julho.

*com informações da Ass. de Imprensa – dep. Isac Reis

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.