Deputado investiga outra obra do Estado em Americana

17/11/2008 17:32:00

Escola Estadual

Foi publicado nesta segunda-feira (17/11), no Diário Oficial da Assembléia Legislativa de São Paulo, o requerimento de informação do Deputado Antonio Mentor referente à cobertura da quadra de esportes da Escola Estadual Professor Wilson Camargo da cidade de Americana.

   O Deputado investiga o processo de licitação, projeto e laudos apresentados pelas empresas que realizaram o acompanhamento da obra para saber se houve algum tipo de falha técnica ou o uso de materiais de baixa qualidade na construção.

   Esta foi outra obra do Estado de São Paulo, recém inaugurada, que não suportou a primeira chuva forte e teve parte danificada.

   Além da cobertura da quadra de esportes da Escola Wilson Camargo, o deputado também investiga a obra da FATEC, prédio que mais sofreu danos com a chuva ocorrida no final de outubro na cidade de Americana.

Histórico:

   No dia 29 de outubro uma forte chuva assustou os moradores da cidade de Americana, no entanto, nenhum grande prejuízo foi notado, a não ser quanto ao novo prédio da FATEC (Faculdade de Tecnologia – Instituto Paula Souza).

   A obra, inaugurada no dia 4 de Abril deste ano, pelo governador José Serra do PSDB, que oferece os cursos de Analise de Sistemas e Tecnologia de Informação; Gestão Empresarial com ênfase em Comércio Exterior e Marketing; Logística e Transportes; Processamento de Dados e Têxtil, teve as aulas interrompidas por medida de segurança e, segundo avaliação realizada pela diretoria da unidade, mais de 50 computadores foram danificados além de toda documentação que está secando desde a chuva.

   Na última semana, os 1500 alunos retornaram às aulas na unidade do Polivalente de Americana (ETEA – Paula Souza), e a unidade da FATEC continua interditada até que a reforma, com custo aproximado de R$815mil, seja realizada.

   Para esclarecer o caso o Deputado Estadual Antonio Mentor, enviou ao Governador um requerimento de informação, para saber sobre o processo de licitação, projeto e laudos apresentados pelas empresas que realizaram o acompanhamento da obra.

   Segundo Mentor, que visitou o local, é pouco provável que somente a chuva seja a culpada por tanto estrago, nenhum outro local da cidade teve tantas avarias com o temporal.

   “É preciso avaliar se houve falha técnica ou a utilização de materiais de baixa qualidade na construção que foi inaugurada há seis meses e, já na primeira chuva forte, ficou praticamente destruída”, disse.

   Além da Fatec, a cobertura da quadra de esportes da Escola Estadual Professor Wilson Camargo recém inaugurada, também pelo governo do Estado, não suportou a chuva, e as atividades de educação física estão suspensas na escola.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.