Deputados do PT questionam estatísticas criminais

02/03/2016

Requerimento

A Bancada do PT protocolou requerimento solicitando que o secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre Moraes, esclareça informações a respeito dos dados das estatísticas criminais mensalmente divulgadas.

Todos os meses, entre os dias 25 e 30, o secretário convoca a imprensa e divulga as estatísticas criminais do mês anterior. Porém, tem se tornado rotina esses números divulgados serem em seguida corrigidos, sempre sem alarde, no Diário Oficial.

Os parlamentares petistas querem saber o motivo dessa habitual retificação de números. Além disso, perguntam se os números corretos são os divulgados pelo secretário ou os publicados no Diário Oficial.

O líder da Bancada do PT, deputado Geraldo Cruz, cita um exemplo dessa discrepância nos dados. “Na totalização das estatísticas do ano de 2014, foram encontradas diferenças entre a soma dos números da divulgação por trimestre e a soma dos números da divulgação mensal de 10 itens das ocorrências policiais registradas por tipo. Qual a razão dessa diferença? Quais são os números corretos?”, pergunta o líder. (FF)

Segurança de SP aperta filtro de acesso a informações públicas

A Secretaria da Segurança Pública do governo Geraldo Alckmin (PSDB) endureceu o filtro do sistema de fornecimento de informações públicas à população.

A partir de agora, todos os pedidos feitos por qualquer pessoa via Lei de Acesso à Informação estarão concentrados no gabinete do secretário Alexandre de Moraes.

Apenas três pessoas designadas por ele têm poder para decidir sobre o sigilo da informação e, também, se esse dado será ou não repassado para um cidadão comum, um órgão de imprensa, um professor ou uma entidade de pesquisa, por exemplo.

Com informações da Folha de S. Paulo

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.