Deputados do PT questionam presidente do Metrô sobre PPP

07/03/2013

Linha 6

Depois de enviar técnicos à audiência pública que tratou da PPP (parceria público-privada) para a construção da linha 6 do Metrô, o presidente da companhia, Peter Walker, finalmente compareceu à reunião da Comissão de Transportes que aconteceu na tarde desta quarta-feira (6/3).

O deputado Gerson Bittencourt, que já havia criticado a ausência de Walker na reunião anterior, questionou os motivos que levaram o Metrô a optar pela PPP. Walker afirmou que a experiência com a PPP da linha 4 foi exitosa, mas Bittencourt lembrou que essa é uma modelagem diferente, em que a iniciativa privada será responsável por tudo.

O presidente do Metrô reconheceu que o Estado não tem condições de assumir uma obra desse porte nesse momento. Bittencourt também questionou a capacidade gerencial e operacional da companhia, que tem trabalha agora com várias frentes.

Já o deputado Luiz Claudio Marcolino falou sobre a série de empréstimos já autorizados pela Assembleia e que tiveram, até agora, valores empenhados bem inferiores. Marcolino também criticou o governo por não ter expandido o Metrô para além dos limites da capital.

Pauta

Durante a reunião também foi aprovado requerimento de convocação de José Carlos Cassaniga, superintendente da Ecovias, empresa que administra o sistema Anchieta-Imigrantes, para prestar esclarecimentos sobre o acidente ocorrido em 22/2. Também foram indicados representantes do Poder Legislativo junto às Comissões de Acompanhamento e Fiscalização ” CAFs.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.