É preciso pensar o Estado a partir das Regiões Metropolitanas, destaca deputado

16/08/2013

Gestão pública

O debate promovido pelo deputado Luiz Claudio Marcolino, com o apoio da Liderança do PT e da Associação dos Especialistas em Políticas Públicas do Estado de São Paulo – AEEPSP, nesta quinta-feira (15/8), abordou questões como a efetividade das políticas públicas, o fortalecimento da transparência e do controle social nas ações de governo, as implicações da federação na articulação das políticas sociais, o planejamento e a gestão no aparelho de estado como pilares de governança e da democratização do setor público.

Ao abrir a audiência pública, Marcolino falou nas mudanças das maneiras de se pensar o Estado, ou seja, a partir das Regiões Metropolitanas e Aglomerados Urbanos. “A política pública é uma ação de Estado, não uma ação de partido. Quando se pensa uma transparência no orçamento do Estado, não é um debate de partido, mas isso é um debate de Estado. Como é feita a apropriação de recursos como o ICMS, o IPVA e como eles são devolvidos para a sociedade, é um debate de políticas públicas do Estado. Precisamos pensar, então, como é que nós servidores podemos contribuir para fazer essa construção”.

Compuseram a mesa coordenadora do debate os especialistas em Gestão Pública Luiz Antônio Panone e Og Oliveira Pinto, que discorreram sobre as principais atribuições de suas funções e de como essa função veio, ao longo do tempo, se transformando para fortalecer a ação do Estado e, principalmente, para se aproximar do cidadão na construção de novas políticas públicas e programas.

fonte: Agência Alesp

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.