Educação e saúde lideram as reivindicações

11/05/2006 14:50:00

A primeira rodada de discussões que aconteceu em Campinas, sede regional administrativa contou com a presença de dez deputados estaduais. Da bancada petista participaram da discussão da LDO- Lei de Diretrizes Orçamentárias os deputados Enio Tatto, Renato Simões, Antonio Mentor e Sebastião Arcanjo (Tiãozinho) .

Para o líder do PT na Assembléia Legislativa, Enio Tatto, “foi difícil viabilizar essas audiências públicas, o PSDB resistiu por muitos anos debater e democratizar a aplicação dos recursos do Orçamento do Estado, no entanto, mais de 200 emendas apresentadas foram incorporadas ao orçamento deste ano”. Para os petistas, agora é preciso exigir que o governador Cláudio Lembo execute o Orçamento aprovado pelo Legislativo.

Durante a audiência, a população pode opinar sobre a destinação dos investimentos do Orçamento estadual. A maioria dos participantes criticou o governador do PSDB, por ter vetado o aumento de recursos para a Educação, no ano passado. Renato Simões, vice-presidente da comissão de Finanças e Orçamento, lembrou que a gestão tucana sempre foi avessa à participação popular e destacou que é necessário adicionar recursos para a merenda e transporte escolar.
Outra reivindicação apresentada em Campinas foi a aplicação de 1% do Orçamento para a assistência social, como prevê a Constituição Estadual de 1988.

Nesta sexta-feira, dia 12/05, mais duas audiências serão realizadas. A primeira, às 9h acontece na Câmara Municipal de Rio Claro. A segunda, será na cidade de Bragança Paulista, a partir das 16h.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.