Em discussão, política de cotas em SP

29/05/2012

Debate

Com o intuito de discutir o tema das cotas em universidades públicas paulistas no Estado de São Paulo, a Assembleia Legislativa de São Paulo realizará no próximo dia 30/5, às 9h30, no auditório Paulo Kobayashi, o debate “A política de Cotas e o Combate às desigualdades”. O evento será coordenado pelo deputado Luiz Claudio Marcolino e tem o apoio da liderança do PT.

Autor do PL 321/2012, que institui o sistema de cotas para ingresso nas universidades públicas e nas faculdades de tecnologia do Estado de São Paulo (FATECs), o deputado considera importante a democratização do acesso ao ensino superior no âmbito paulista. “A exemplo do Brasil, São Paulo também precisa promover a diversidade étnico-racial”, defende Marcolino. Segundo dados da Fundação Sead, a população de São Paulo é composta por 34% de negros, mas apenas 9,64% destes ingressam na USP, por exemplo, considerada a maior universidade pública do país.

Na ocasião, será feita uma homenagem ao deputado petista José Cândido, falecido em 12/2, com a entrega de medalha a familiares. O deputado era um defensor das causas sociais.

Palestrantes

Foram convidados Sívio Luiz de Almeida, presidente do Instituto Luiz Gama e doutor em filosofia e teoria geral do direito (USP); Júlio César Silva Santos, especialista em direito e processo do trabalho (Mackenzie) e coordenador do sindicato dos bancários de São Paulo, Osasco e Regiao (Seeb-SP); Raquel Kacenilkas, secretária geral do Seeb -SP; e Rosana Aparecida da Silva, secretária estadual de combate à discriminação racial da CUT-SP.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.