Em SP, 10 milhões de pessoas não contam com bombeiros

07/03/2012

Descaso

“A situação merece mais atenção do poder público”, afirma o deputado do PT Donisete Braga sobre a falta de bombeiros no Estado de São Paulo, que atinge 10 milhões de pessoas. O mais rico Estado da federação, com 645 municípios, possui postos e quartéis em apenas 138 cidades. Na opinião do parlamentar, este é um serviço essencial, que salva vidas e patrimônio e deve constar da pauta de prioridades do governo do estado.

“Caminhamos para ser a 5ª. economia do mundo, vamos recepcionar milhares de turistas na Copa do Mundo, em 2014, e nas Olimpíadas, em 2016, temos que nos preparar neste campo também”, recomenda.

Recentemente, o deputado pediu informações sobre a situação dos bombeiros à secretaria Estadual de Segurança Pública. Conforme os dados oficiais, o contingente atual de 9.106 bombeiros aponta que o Estado disponibiliza um bombeiro para cada grupo de 4.500 habitantes, contrariando organismos internacionais que recomendam um bombeiro para cada grupo de mil habitantes.

“Rio de Janeiro e o Distrito Federal já superaram este desafio e estão em situação confortável. Em São Paulo, o Corpo de Bombeiros da Polícia Militar tem 222 quartéis e 688 viaturas de combate a incêndio para atender os 645 municípios.

A situação é precária tanto na Grande São Paulo quanto nas demais regiões do Estado. Na Grande São Paulo, dos 39 municípios, 21 não contam com o serviço. No interior, a região administrativa de São José do Rio Preto, com 96 municípios, possui bombeiros em apenas 10 cidades; região de Marília, com 51 municípios, tem postos em sete cidades. Já a região de Presidente Prudente conta com bombeiros em 11 dos seus 53 municípios. Na região de Registro, com 14 cidades, apenas a cidade de Registro tem quartel de bombeiro.

“No ano passado iniciamos um movimento visando chamar a atenção das autoridades para a fragilidade na prestação desse serviço público. Os relatórios dos bombeiros registram demora de quase uma hora para atender ocorrências em cidades do interior. Temos que mudar esta realidade que está completamente foram dos padrões exigidos”, explicou o parlamentar.

Em anexo, tabela com número de bombeiros por região administrativa do Estado

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.