Escolas técnicas do Estado estão muito longe de atenderem demanda

26/08/2010 17:31:00

Vagas limitadas

 

 

Apenas 8,2% dos estudantes matriculados na rede estadual de ensino médio paulista têm vagas nas escolas técnicas (ETEC’s). Se forem abrangidos todos os estudantes de ensino médio (rede estadual, municipal, federal e particular), a percentagem é ainda menor – 7.1%.

Se de um lado, o governo tucano se defende divulgando a boa qualidade do ensino oferecido nas ETEC´s (uma obrigação do Estado), por outro lado os números revelam que este ensino de qualidade ainda é uma realidade para poucos – 123 mil. O total de alunos matriculados no ensino médio no Estado (dados de 2008) é de 1,4 milhão na rede pública estadual e 1,7 milhão, englobando todas as redes.

Em outros números, considerando apenas os alunos que cursam a rede pública estadual, para cada aluno de ensino fundamental que consegue entrar em uma ETEC, outros 22 alunos ficaram de fora.

Conforme dados oficiais de 2008, a rede estadual possuía 2,8 milhões de alunos matriculados no ensino fundamental, mas apenas a metade encontrava-se matriculada no ensino médio estadual (1,4 milhão).

A situação é pior quando se trata do ensino superior. As Faculdades de Tecnologia (FATEC´s) e as universidades estaduais, somadas, têm cerca de 90 mil alunos matriculados, ou seja, um grande “gargalo” na estrutura de ensino do Estado. Apenas 6,06%, teoricamente teriam acesso ao ensino superior, isto porque muitos alunos que cursam escolas particulares também disputam vagas nas universidades e faculdades tecnológicas do Estado.

*com informações do PTAlesp e Transparência São Paulo

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.