Estado transforma delegacias em depósitos de presos condenados

25/10/2010 16:47:00

DP’s lotados

O governo do Estado baixou, no fim do mês de setembro, uma medida que transformou os oito Distritos Policiais da Capital, que possuem carceragem, em depósitos de presos condenados.

 

 

Os distritos abrigavam, na semana passada, 392 detentos –onde cabem 155, segundo carcereiros. Por conta da falta de segurança das delegacias, segundo especialistas, a regra aumenta o risco de rebeliões, de resgates e de fugas de presos e representa um perigo para quem vai a uma delegacia registrar uma ocorrência policial.

 

 

Por conta dessa decisão, a juíza-corregedora Luciana Leal Junqueira Vieira, do Dipo (Departamento de Inquéritos Policiais e Polícia Judiciária), encaminhou ofício à Corregedoria Geral de Justiça citando “a gravidade da situação”. Para ela, o retorno dos presos aos distritos representa um retrocesso e deve ser evitado.

A SAP (Secretaria de Estado da Administração Penitenciária) disse que “a autorização de remoção de presos recapturados é expedida com a devida brevidade”.

 

 

Embora o artigo 1º da resolução 219 trate expressamente de presos condenados ou recapturados, a SAP (Secretaria de Estado da Administração Penitenciária) afirmou que “a resolução em questão trata apenas da inclusão de presos provisórios no sistema penitenciário”.

 

*com informações do jornal Agora

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.