Frente Parlamentar em Defesa da Linha 7- Rubi da CPTM

25/08/2017

MOBILIDADE

Crédito: SP6News

Os frequentes casos de panes, atrasos, superlotação e nos últimos tempos até descarrilamentos dos trens da Linha 7 Rubi da CPTM, foram tema de reunião com os prefeitos das cinco cidades que compõem o Consórcio Intermunicipal dos Municípios da Bacia do Juqueri (CIMBAJU).

O CIMBAJU é formado pelos municípios de Franco da Rocha, Caieiras, Cajamar, Francisco Morato e Mairiporã.

O encontro aconteceu nesta sexta-feira (25), no gabinete do prefeito de Franco da Rocha, Kiko Celeguim. A partir de proposta do líder do PT, deputado Alencar Santana Braga, foi articulada criação de uma Frente Parlamentar para debater a mobilidade metropolitana e a ligação entre trilhos entre as estações Jundiaí e Luz, no centro da capital.

Os problemas enfrentados diariamente pelos aos usuários e moradores da região, provocados pela infraestrutura precária das estações, vagões, falhas frequentes e falta de acessibilidade, compuseram as questões levantadas pelos gestores e o deputado, que apontaram também outras demandas regionais no entorno da rota dos trens que cortam a região do consórcio.

Para Alencar, a importância da Frente e dessa primeira reunião é unir prefeitos, deputados e lideranças locais para dialogar com o Governo do Estado: “O diálogo tem que favorecer a região, independente de partido, para beneficiar as demandas da população. A Frente é um instrumento importante de diálogo e de busca de soluções para os problemas históricos”, colocou o deputado.

O prefeito de Franco da Rocha, Kiko Celeguim; o prefeito de Caieiras, Gerson Romero; a prefeita de Francisco Morato, Renata Sene; a prefeita de Cajamar, Ana Paula Polotto Ribas de Andrade; e o prefeito de Mairiporã, Antonio Shigueyuki Aiacyda, já assumiram o compromisso de sensibilizar os deputados de seus partidos para adesão à agremiação.

Com o apoio de mais de vinte deputados estaduais de diversos partidos, a Frente Parlamentar nasce com caráter suprapartidário. Será lançada no dia 20 de setembro, às 19h, na Assembleia Legislativa do Estado de São Paulo.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.