Governistas obstruem pauta na Comissão de Meio Ambiente

24/09/2013

Tucanagem

Na reunião da Comissão de Meio Ambiente que aconteceu nesta terça-feira (24/9), a bancada governista solicitou vistas de todos os requerimentos apresentados pelo PT, que são:

• Requerimento do deputado Adriano Diogo solicitando a realização de uma audiência pública para discussão do PL nº 1187/09, de autoria do governador, que institui o Programa Ambiental de Inspeção e Manutenção de Veículos em Uso no Estado de São Paulo – IM/SP.
• Requerimento do deputado Alencar Santana e outros solicitando a convocação do secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas, com o objetivo de prestar informações sobre a alienação dos imóveis pertencentes à Secretaria sob sua responsabilidade, conforme consta no PL nº 650/12, enviado pelo governador.
• Requerimento do deputado. Marcos Martins solicitando a realização de audiência pública para ampliar o debate sobre o PL nº 272/10, do governador, que dispõe sobre os limites da Área de Proteção e Recuperação dos Mananciais do Alto Juquery – APRM-AJ, convidando representantes do poder executivo estadual, dos poderes executivo e legislativo dos municípios diretamente envolvidos (Caieiras, Franco da Rocha, Mairiporã, Nazaré Paulista e São Paulo) e membros da sociedade civil.
• Requerimento do deputado Marcos Martins solicitando a realização de audiência pública para tratar de depósito irregular de amianto na cidade de Avaré, que constitui grave ameaça à saúde pública na região e importante fator de degradação ambiental.
• Requerimento da deputada Ana do Carmo e dos deputados Marcos Martins, Professor Tito e Luiz Claudio Marcolino solicitando a realização de audiência pública para tratar da situação das Unidades de Conservação sob gestão da Secretaria do Meio Ambiente, convidando o secretário do Meio Ambiente, Bruno Covas, e os coordenadores da Rede de ONGs da Mata Atlântica, Beloyanis Monteiro e Adriano Wild.

Contaminação da USP Leste

A Comissão de Meio Ambiente aprovou requerimento solicitando a realização de uma audiência pública conjunta com a Comissão de Educação e Cultura para promover o debate sobre a contaminação do solo da área onde está instalada a USP Leste, com a participação de representantes da Cetesb, da Reitoria da USP, da Superintendência de Espaço Físico da USP e da Empresa Servmar, contratada para a realização de prospecção do solo da USP Leste.

Como a base governista pediu vistas desse requerimento na Comissão de Educação, um grupo de deputados, em sua grande maioria do PT, já realizará audiência sobre o tema na próxima quarta-feira (25/9), às 15h, no auditório Franco Montoro, na Assembleia Legislativa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.