Governo Alckmin reduz 57% investimentos no Estado

10/10/2011

Má gestão

Redução ocorre apesar da receita corrente ter crescido 7,8% entre janeiro e agosto

O primeiro ano de governo de Geraldo Alckmin no Estado de São Paulo está sendo marcado pela redução nos investimentos.

O relatório de execução orçamentária referente ao segundo quadrimestre mostra que de janeiro a agosto deste ano os investimentos sofreram redução de 57,4% em relação aos R$ 4,9 bilhões aplicados em investimento no mesmo período do ano passado. Este ano os investimentos somaram R$ 2,09 bilhões.

Em contrapartida, houve crescimento da receita corrente, que no mesmo período teve alta de 7,8%. Esse crescimento foi sustentado basicamente pelo aumento da receita tributária, que teve elevação de 10,2%.

A arrecadação do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) teve alta de 10,08%. A evolução fez a arrecadação de tributos ganhar fatia maior na receita total, avançando de 71,9% de janeiro a agosto do ano passado para 73,6% no mesmo período deste ano. O desempenho do recolhimento do IPVA, cobrado sobre a propriedade de veículos, também contribui para a elevação da arrecadação tributária. No acumulado até agosto, o imposto teve elevação de R$ 8,09 bilhões em 2010 para R$ 9,07 bilhões este ano. Com esse aumento de 12,2%, o recolhimento do IPVA, superou o valor total de transferências correntes, que incluem, entre outros repasses, os convênios e o Fundo de Participação dos Estados.

*com informações do jornal Valor Econômico

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.