Governo de SP divulga dados errados sobre violência

31/05/2012

Tucanagem

Mais uma vez, o governo do Estado divulga estatísticas erradas sobre a criminalidade em São Paulo.

O site da secretaria da Segurança Pública publicou por duas vezes dados incorretos sobre a criminalidade de janeiro a abril, na última sexta-feira (25/5).

Diferentemente do informado, o número de homicídios dolosos (intencionais) até abril foi de 1.451 no Estado e 360 na capital, o que representa aumento de 6,4% e 14,3%, respectivamente, em relação a 2011.

Já as vítimas foram 1.529 (6,3% de aumento) no Estado e 379 (14,8%) na capital.

Não é a primeira vez que isso acontece. A imprensa tem notificado com frequência esses erros.

No final do ano passado, o governador Geraldo Alckmin também teve que se desculpar pelos números apresentados. A secretaria tinha se “esquecido” de registrar 43 homicídios.

Dados sobre irregularidades na PM também estava errados

Em pouco mais de um ano, a Polícia Civil identificou cinco casos de irregularidades cometidas por policiais militares durante ações que foram registradas como resistência seguida de morte.

A informação é diferente da repassada anteriormente à imprensa de que nenhum PM havia sido punido. Nesta quarta-feira (30/5), a polícia corrigiu os dados.

Os casos se referem a policiais envolvidos em ocorrências em Santo André, em Osasco, na zona norte e na zona sul de São Paulo -além do tiroteio na Penha, na segunda-feira (28/5). Ao todo, cerca de 500 ocorrências foram analisadas.

Desde o ano passado, todos os casos envolvendo morte de suspeitos após confronto com policiais passaram a ser investigados pelo DHPP (departamento de homicídios).

Com informações do jornal Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.