Governo federal importa equipamento de perícia para São Paulo

05/02/2009 16:22:00

Ciência e Tecnologia

 

A Secretaria Nacional de Segurança Pública acaba de importar um aparelho, para uso da Polícia Científica, que detecta resíduos microscópicos em trabalhos de perícia. O FTIR – Espectrômetro de Infravermelho por Transformada de Fourier – foi importado dos Estados Unidos por R$ 510 mil e está instalado no Núcleo de Química do Instituto de Criminalística de São Paulo.

O equipamento pode ser utilizado pelos peritos para analisar sólidos, líquidos e pastas, com a vantagem de preservar o material mesmo após a análise. Ele conta com uma lente de aumento de até 1,3 mil vezes e uma microssonda de infravermelho, além de um banco de dados acoplado que compara substâncias e aponta os componentes que compõem o material analisado.

O investimento da Secretaria Nacional de Segurança Pública na importação do equipamento atende a uma necessidade da Polícia Científica de aprimorar a análise de substâncias tóxicas, sejam drogas ou explosivos. Uma equipe de cinco peritos do Instituto de Criminalística foi treinada pelo fabricante do equipamento para aprender a manipular o microscópio e a analisar as amostrar invisíveis a olho nu.

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.