Grevistas da USP fazem Arraial da Greve em frente à reitoria

27/06/2014

arrocho salarial

Grevistas da USP fazem Arraial da Greve em frente à reitoria

Nesta sexta- feria, 27/6, diante da reitoria da USP, professores, funcionários e alunos, integrantes da Adusp e do Fórum das Seis, fizeram o Arraial da Greve, uma festa junina de protesto. Os servidores das três universidades públicas estaduais (Unesp, Unicamp e USP) estão em greve desde o dia 27 de maio.

Segundo os organizadores a atividade é um protesto contra a proposta dos reitores de congelar o salário da categoria que pede reajuste de 9,78%. Tradicionalmente, o reajuste ocorre no mês de maio e, o último se deu em 2013, na ordem de 5,39%.

No ato, um grupo de participantes cantou músicas de protesto e também recitou poema com versos com críticas a Marco Antonio Zago, reitor da USP. Segundo dirigentes as manifestações ocorreram num ambiente de imensa indignação entre os docentes, depois que a categoria tomou conhecimento das desdenhosas declarações feitas pelo reitor Marco Antonio Zago, à revista Veja.
A Adusp destaca que o setor tem quatro eixos de reivindicação, sendo que os três primeiros são os mais importantes;

1. Arrocho não!;
2. Aumento do investimento de recursos públicos nas universidades estaduais;
3. Transparência e controle dos recursos e gastos das universidades;
4. Necessidade de mudança do teto salarial.

Ainda segundo os trabalhadores, a categoria têm buscado a retomada das negociações, mesmo diante da resistência do Cruesp- Conselho de Reitores das Universidades Públicas Estaduais de São Paulo, de não abrir o diálogo e manter os salários arrochados.(rm)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *