Inscrições ao Prêmio Santo Dias vão até o dia 26

07/11/2008 17:12:00

Direitos Humanos

Crédito:

 

O presidente da Comissão de Direitos Humanos, José Cândido, anunciou nesta quinta-feira, 06 de novembro, a abertura de inscrições para o XII Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa do Estado de São Paulo.

O Prêmio, que leva o nome do operário assassinado durante uma greve em 1979, é entregue anualmente a pessoas ou entidades com atuação em defesa dos direitos humanos no Estado.

Esta edição é marcada por dois eventos históricos: acontece nas comemorações dos 60 anos da Declaração Universal dos Direitos Humanos e a Comissão de Direitos Humanos da Assembléia é presidida pelo deputado José Cândido, que foi colega de Santos Dias na Pastoral Operária de São Paulo e liderava uma greve em Suzano, quando o metalúrgico foi assassinado pela repressão.

A Comissão receberá inscrições até o dia 26 de novembro, através do site ou de carta endereça à Assembléia. “Vamos realizar audiência já no dia 27 de novembro para escolher os premiados”, avisa o deputado Adriano Diogo.

Defesa dos excluídos

Os premiados nas edições mais recentes revelam o espírito do Prêmio, que destaca o trabalho de pessoas e grupos que lutam contra a violência, o preconceito, a corrupção e em defesa dos detentos, dos trabalhadores, da inclusão social, dos direitos das crianças e dos adolescentes e de outros temas relevantes para a sociedade.

No ano passado, a Associação de Deficientes Visuais de Ribeirão Preto – Adevirp – recebeu o prêmio pelos serviços prestados em 23 municípios. Já a edição 2006 premiou o trabalho da Coordenadora da Pastoral Carcerária Nacional, Heidi Ann Cerneka, e da pedagoga Josephina Bacariça, com atuação em projetos com jovens em situação de rua.

Resistência Operária

O metalúrgico Santo Dias da Silva tinha 37 anos quando foi assassinado, na porta da fábrica Sylvânia, na zona sul da capital, com um tiro pelas costas disparado pelo PM Herculano Leonel. Membro da Pastoral Operária de São Paulo, o metalúrgico era membro do comando de greve da categoria e tentava dialogar com policiais para a libertação de companheiros presos durante a paralisação.

Seu corpo foi velado na Igreja da Consolação. No dia 31 de outubro de 1979, 30 mil pessoas saíram às ruas da capital para acompanhar o enterro e protestar contra a morte do líder operário e pelo livre direito de associação sindical e de greve e contra a ditadura.

O XII Prêmio Santo Dias de Direitos Humanos será entregue no dia 8 de dezembro, durante sessão solene na Assembléia.

Serviço: Trabalhos concorrentes ao XII Prêmio Santo Dias podem ser encaminhados até o dia 26 de novembro à Comissão de Direitos Humanos, através do site da Assembléia – http://www.al.sp.gov.br/ – ou de cartas endereçadas à Avenida Pedro Álvares Cabral, 201, Ibirapuera, CEP 04097-900. O gabinete do presidente da Comissão, deputado José Cândido, também receberá os trabalhos (gabinete 2038/39 – 2º andar). Mais informações: cdh@al.sp.gov.br

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *