Interior já vive racionamento de água

01/09/2015

Secou

Interior já vive racionamento de água

Notícia publicada nesta semana pela imprensa dá conta que atualmente 13 cidades do interior do Estado vivem o racionamento de água, desde 2014.O agravamento da situação da falta de água neste ano antecipou em dois meses e atinge mais de 500 mil pessoas de 13 municípios.A maioria das cidades passa diariamente por períodos de até 12 horas sem abastecimento.

Em Vargem Grande do Sul, a prefeitura iniciou neste mês o racionamento, o mesmo ocorreu com Américo Brasiliense, São Sebastião da Grama e Aguaí, sendo que nestas duas últimas o racionamento é preventivo.

Na avaliação do professor da Unicamp Antonio Carlos Zuffo, especialista em recursos hídricos, a situação deve persistir por pelo menos cinco anos, prazo dado por especialistas para recompor os reservatórios.

Entre as medidas adotadas pelas prefeituras está o racionamento da água, até a distribuição de redutores. Em Orlândia, a prefeitura forneceu 200 redutores de pressão de água- acoplados às torneiras e nas próximas semanas, deve entregar mais 3 mil.O equipamento reduz em até 50% o gasto com água.

Na região de Campinas as cidades de Araras, Saltinho e Valinhos adotaram racionamento há mais de um ano, fazem campanhas de para o uso racional da água e aplicação de multas em caso de desperdício.

A situação é mais grave em Valinhos que tem corte de abastecimento duas vezes por semana, com 24 horas sem água. (rm)

Com informações do Jornal Folha de S. Paulo

Leia mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.