Juiz reforma voto e TRE decide dar posse a Enio Tatto; Fausto deve ser 1º suplente – 09/03/2007

09/03/2007 16:50:00

O juiz do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Paulo Alcides, reformou o seu voto e decidiu pelo acolhimento de recurso em favor do registro da candidatura do deputado estadual Enio Tatto (PT). Em sessão realizada quinta-feira (08/03), Alcides reconsiderou posição anterior, manifestada em sessão realizada no dia 27 de fevereiro, que por 3 votos a 2 havia mantido o indeferimento do registro da candidatura do atual líder da bancada do PT na Assembléia Legislativa. Com a mudança do voto do juiz, o registro da candidatura de Tatto foi finalmente deferido por idênticos 3 votos a 2.

A decisão, ainda sujeita a recursos junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE), deve deixar o deputado estadual Fausto Figueira (PT) fora da Assembléia Legislativa a partir do próximo dia 15, pois ele ocupava a 20ª posição entre os 20 deputados mais votados da bancada petista. Com inclusão de Tatto, que recebeu 88.642 votos, Fausto, que teve 55.599 votos, deve passar a ser o 1º suplente. A situação só não está inteiramente definida porque os votos de Tatto vão obrigar o TRE a recalcular a votação da Coligação PT/PCdoB, para verificar se haverá alteração no número de deputados eleitos pela coligação.

Tatto teve o registro de sua candidatura indeferido em agosto do ano passado, dois meses antes da eleição, por não ter apresentado certidões de quitação de multas eleitorais.

Ass. imprensa do dep. Fausto Figueira

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.