Marcha e Debate contra Criminalização das Mulheres

03/03/2009 17:57:00

Dia Internacional da Mulher

 

Deputados e deputadas da bancada petista devem participar da Marcha Mundial das Mulheres no próximo domingo, 08 de março. A concentração será a partir das 10 da manhã na Praça Oswaldo Cruz, início da Avenida Paulista, com passeata até ao Parque do Ibirapuera.O tema da edição 2009 da Marcha é “Nós não vamos pagar por essa crise! Mulheres Livres! Povos Soberanos!”

 

 

O objetivo da manifestação é chamar a atenção para o fato de que as crises financeira, econômica, ambiental e alimentar que afetam o planeta não são episódios isolados. “Trata-se uma crise global, gerada por um modelo de desenvolvimento baseado na superexploração do trabalho e na especulação financeira. Uma de suas bases de sustentação é a opressão das mulheres, que combina machismo e capitalismo”, diz o panfleto assinado por dezenas de entidades do movimento feminista.

 

 

A criminalização das mulheres também está no alvo das organizadoras do movimento, que defendem que a maternidade deve ser uma decisão consciente, não uma obrigação. Por isso, está previsto para o encerramento um ato pela legalização do aborto, em frente ao Monumento das Bandeiras. As mulheres vão protestar contra a tentativa de deputados conservadores de instaurarem no Congresso Nacional uma CPI do Aborto.

 

 

O tema – criminalização das mulheres e CPI do Aborto – será tema de debate no Auditório Teotônio Vilela da Assembleia na próxima sexta, dia 06, a partir das 18h00. Durante o debate será dada a largada para a organização da Frente Contra a Criminalização das Mulheres e Pela Legalização do Aborto em São Paulo.

 

 

Veja abaixo convite para o debate na Assembleia e panfleto da Marcha Mundial das Mulheres

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.