Mentor preside CPI da Eletropaulo e define calendário e métodos de ação

19/12/2006 17:50:00

Os deputados petistas Antonio Mentor, Sebastião Arcanjo e Roberto Felício, membros da Comissão Parlamentar de Inquérito da Eletropaulo defenderam nesta terça-feira (19/12) um calendário de reuniões e métodos de ação para funcionamento da CPI. Já os parlamentares governistas tentaram de todas as maneiras impor regras para dificultar os trabalhos da Comissão, que foi instalada neste mês de dezembro.

Segundo Mentor, presidente da comissão, os deputados se reunirão todas as terças e quintas-feiras, às 14h30, no auditório Tiradentes, da Assembléia Legislativa. Os integrantes da CPI deliberaram que irão requerer do governo tucano de São Paulo, por meio de ofícios, os documentos necessários sobre a privatização da Eletropaulo e os empréstimos do Banco Nacional de Desenvolvimento Social (BNDES) dados à AES- Eletropaulo, atual proprietária da empresa- para a compra da estatal. A próxima reunião está marcada para a próxima quinta-feira, 21 de dezembro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.