Metrô sem luz: energia é cortada por falta de pagamento

30/10/2014

Trapalhada

A estação Oscar Freire do Metrô, que está em construção, ficou sem energia por conta de um atraso de três meses na conta; dívida era de mais de R$ 7 mil

A Eletropaulo cortou, na tarde desta quarta-feira (29/10), a distribuição de energia na estação Oscar Freire do Metrô – administrada pela Via Quatro, companhia responsável pela Linha 4 – Amarela. O corte veio depois de mais de três meses de atraso nas contas, que somavam R$ 7.096,00.

A Isolux-Corsan, empresa contratada pelo Metrô para construir as estações da Linha 4 – Amarela e também o sistema elétrico do Monotrilho, foi quem atrasou os pagamentos.

No final da tarde desta quarta-feira, a companhia informou que o corte de luz na Estação Oscar Freire foi por um problema administrativo e que já foi resolvido.

O contrato da empresa com o Metrô para construir as estações administradas pela Via Quatro foi de R$ 386.254.033,00 e cinco delas ainda não foram entregues.

fonte: Spressosp.com.br

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.