Metrô tem a pior avaliação de usuários desde 97

08/09/2011 15:03:00

57 panes

Crédito:

 

A ampliação do número de linhas e estações vem trazendo cada vez mais gente para o metrô de São Paulo. Ao mesmo tempo, o sistema apresenta constantes falhas, causando transtornos aos usuários, o que se reflete na avaliação do serviço.

Pesquisa Datafolha revela que nunca os paulistanos tiveram avaliação tão ruim do metrô, meio de transporte adotado por 35% dos moradores, maior taxa da história.

Desde 1997, o Datafolha pesquisa a avaliação do sistema de transporte público de São Paulo. E, pela primeira vez, menos da metade aprova a qualidade do metrô. Agora, 47% dizem que o metrô é “ótimo/bom”, queda de sete pontos percentuais desde 2008. Já a reprovação aumentou seis pontos. O período a partir de 2008 também coincide com a integração com o bilhete único.

Foram ouvidas 1.039 pessoas de todas as classes sociais, faixas de renda e idade, sexo e escolaridade. A margem de erro é de três pontos percentuais.

O transporte coletivo de um modo geral é mal avaliado 24% aprovam e 42% desaprovam, e a situação já foi pior. Em 2007, 51% dos moradores avaliavam o sistema como ruim ou péssimo.

Os ônibus também são muito mal avaliados, segundo a pesquisa: 27% de aprovação e 41% de reprovação. Em 2001, os percentuais eram parecidos: 28% e 41%, respectivamente. Os trens têm 25% de aprovação e 25% de reprovação. Entre os mais ricos (renda familiar superior a dez salários mínimos), 57% dizem que o metrô é ótimo ou bom. (Fonte:  Folha de S. Paulo)

Metrô já soma 57 panes

De dezembro de 2007 até hoje,  já foram registradas, pelo menos, 57  panes graves nas linhas do metrô paulista (clique aqui para ver a lista).

Na verdade, todas estas panes comprovam a fragilidade do sistema que a Bancada do PT na Assembleia Legislativa denuncia há tempos. Caso o governo tucano não tome providências imediatas, o metrô paulista entrará em colapso.

 

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.