Moradores da periferia de SP recebem da Sabesp água com cheiro de esgoto

27/03/2015

Descaso

Moradores da periferia de SP recebem da Sabesp água com cheiro de esgoto

Moradores do Jardim Turquesa, em M`Boi Mirim (zona sul de São Paulo), passaram mal após ter contato com água malcheirosa e de cor escura que está saindo das torneiras de cerca de 25 casas na estrada do M`Boi Mirim, altura do número 6.500, desde domingo (22/3).

Segundo os moradores, ao menos 15 pessoas estão com diarreia, vômito, dor de cabeça e febre. Os vizinhos ligaram para a Sabesp, que recolheu na terça (24/3) uma amostra da água.
A filha do aposentado Ademar Maurício de Deus, 54, passou mal na escola e foi levada para a UBS Parque Novo Santo Amaro, onde outras 12 pessoas foram atendidas com o mesmo problema desde o início da semana. “Disseram que é um surto de diarreia”.

A assessoria de imprensa da Sabesp informou, por meio de nota, que a empresa detectou uma infiltração de “água não potável” na rede de abastecimento na estrada do M`Boi-Mirim e que está trabalhando para resolver o problema. A empresa não deu prazo para terminar os trabalhos. A Sabesp disse ainda que vai reembolsar as despesas médicas dos moradores.

A Covisa (Coordenação de Vigilância em Saúde) foi comunicada de um provável surto de diarreia e coletou amostras de água para investigar o caso.

Fonte: Jornal Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.